Falência Total


"Há alguns que se fazem de ricos, e não tem coisa nenhuma, e outros que se fazem de pobres e têm muitas riquezas."

Provérbios 13:7

O homem era tanto conhecido quanto respeitado no círculo dos abastados.

Era um proprietário de imóveis que possuia casas nos lugares mais desejáveis da cidade.

Todos os consideravam altamente competente nos negócios.

Não era problema para ele obter crédito na casa dos milhões.

O colapso de suas empresas pegou a economia, especialmente seus banqueiros, de surpresa.

Seus financiadores queriam saber como conseguira enganá-los por tanto tempo.

Suas dívidas excederam seu crédito em conta muitas vezes mais.

Ele apresentava-se como rico, mas na verdade não tinha nada.

Esta situação também acontece na vida religiosa.

Muitos acreditam que são bons cristãos, mas seu coração está longe de Deus.

E quanto às boas obras de que se diz distinguirem o cristão?

Não deveria Deus reconhecê-las, uma vez que ele mesmo as espera (Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. - Mateus 5:16)?

Sem dúvida alguma, Deus reconhecerá tudo que é verdadeiramente bom em nossa vida e levará em consideração.

Mas as nossas boas obras são muitas vezes como os empréstimos que o homem de negócios fez: não houve devolução deles.

Para servir a Deus corretamente, primeiro devemos quitar nossa dívida com Ele.

Para isso as nossas boas obras são inúteis: ninguém pode sair por si só de um atoleiro de pecados.

Não podemos cancelar os nossos pecados por meio do que há de bom em nossas vidas, ou seja, por nossas boas obras.

A Bíblia afirma: "Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus não tem a vida." - I João 5:12

Isto é muito sério! Se lhe falta fé em Deus, você esta falido diante dEle.

Agora pense nisso que acaba de lêr e veja qual é sua real situação!