Visite Nossa Página no Youtube


Rating: 2.8/5 (71 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...







Total de visitas: 678394
Quem São Nossos Amigos.
Quem São Nossos Amigos.

Se você quer ouvir essa mensagem Clique aqui.

 

Caro Jovem,  Jesus te  ama e se preocupa contigo, acredite de fato nisso, viva de uma maneira que isso seja demonstrado para  todos que estão ao seu redor.

Você jovem, precisa de atitude e assim aprender a selecionar seus amigos!

Vamos agora ler alguns textos bíblicos:

Primeiro o Salmo 88: 18, ele nos mostra que existe amigos que são trevas, e comparando com Mateus 5: 13 a 16, veja que você é luz, então eu pergunto: " Qual a  comunhão tem a luz com as trevas?", mas uma vez podemos encontrar isso na Bíblia, leia II Co 6: 14.

Mas você pode dizer: apenas converso, não temos nenhuma relação íntima, é corriqueiro, sendo assim não vejo nada de errado nisso. Mas vai aqui um alerta. "As más conversações corrompem os bons costumes", consulte a Bíblia I Co 15: 33. Por isso eu digo: “Tome muito cuidado”

O que fazer então: afastar-se de todos os jovens que não são cristãos? Considerá-los nossos inimigos? Não! De forma alguma, você precisa ter um alvo.  Jesus foi conhecido como amigo de pecadores, consultando a Bíblia em Lc 7: 34, você vai encontrar a resposta, Ele não era amigo e nem tinha comunhão com o pecado que cometiam, vamos continuar lendo e ver onde chegamos, I Pe 2: 22, mas Jesus se achegava a eles, porque precisavam de salvação, e assim podia falar dessa salvação, para ter a certeza que era assim, leia Lc 7: 36 a 50, agora que comprovou, você pode agir da mesma forma.

Precisamos entender dois aspectos muito importantes: Eles fazem muita diferença.

CONFIANÇA – confiar é acreditar, é tornar familiar, é andar juntos, é seguir no mesmo caminho, é ir mais longe. A confiança mútua é impossível de ser medida, portanto, confiar plenamente, incondicionalmente só em Deus, caso você tenha alguma dúvida, leia Jr 17: 5 a 10, na verdade espero que tenha lido, mesmo que não tenha dúvida. É um perigo depositar confiança em quem quer que seja, e principalmente em quem não teme a Deus. E vou mais longe, em quem não vive a verdade como você vive. Pense nisso, Jovem.

INFLUÊNCIA – influenciar é preponderar, é convencer, é levar a uma mudança de atitude, enfim é predominar sobre o outro. Por sua vez, influir é inspirar, incutir, servir de inspiração. Uau, que situação perigosa jovem. Cuidado, mas muito cuidado mesmo com essa tal de influência. Será que você esta tão seguro de si, assim? Quem tem te influenciado? Gostaria eu que fosse a Palavra de Deus.

Agora, vamos um pouco adiante. E pergunto para você:

Qual tem sido a tua posição em relação a teus amigos? Quem influência quem?

Como peregrino e ao mesmo tempo mensageiro, ou mais ainda, você é um embaixador do evangelho, sendo assim, você deve usar todos os canais que estão à tua disposição para levar o teu amigo a Cristo. Pense, seja sincero contigo, você tem de fato vivido dessa forma?  Assim escreveu Paulo, o apóstolo dos gentios: "me fiz de tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns" – I Co 9: 22. Fazendo isso você influenciará seus amigos. Que verdade maravilhosa. Mas lembre-se, você não pode ser influenciado, e é aqui que mora o perigo, pois muitos que não estavam preparados sucumbiram, por que foram mais influenciados do que influenciaram.

Infelizmente não existe lugar para os mornos, ou para aqueles que são meio-termo: ou você influencia ou é influenciado. Ou seja, ou você é caça ou caçador, ou é Águia ou Galinha. Agora pense nisso:

 A influência muda nossa maneira de falar, confere comigo esses dois textos: Mt  26: 72 e Jz 18: 3, nos da uma nova maneira de pensar, como sempre digo, tá na Bíblia, leia Gn 6: 5, passamos a agir de modo diferente, confere comigo em Ec 8: 11,12.

Para definir vamos dar algumas sugestões:

Fuja dos amigos que só falam palavras torpes, você não sabe o que é isso, vamos perguntar ao dicionário, e ele diz que isso é algo vergonhoso, desonesto, nojento, indecente, infame, entre outras coisas, então agora já sabe, assim esse é um conselho que encontramos em Tito 2.6,8, fuja também dos que maquinam o mal, ou seja, aqueles que vivem fazendo planos maléficos, para isso leia Sl 36: 4 e Pv 6: 18 e fuja  principalmente dos que praticam o mal, e para ser sincero, praticar o mal é tão comum, leia agora esses dois textos e tome sua conclusão  Is 1: 16 e 17 e Sl 1: 1.

Para encerrar nossa conversa, mais uma pergunta: Jesus faz parte da sua relação de amigos? Ele de fato é seu amigo?

Para confirmar a necessidade de termos a Cristo como amigo, leia três textos que proponho.

Provérbios 18: 24 – Cristo de fato deve ser mais chegado que um irmão.

Tiago 2: 23 – Você pode ser chamado como Abraão: amigo de Deus

Tiago 4: 4 – Para ser amigo de Deus você deve ser inimigo do mundo, pois, a  amizade do mundo é inimizade contra Deus.

 

Agora que chegou ao fim, tire sua própria conclusão.

Um grande abraço,

De seu amigo e irmão Julio.

"...que te importa? Quanto a ti, segue-me" - João 21:22

O Senhor Jesus tinha acabado de dizer a Pedro que ele viveria até se tornar um idoso e então morreria a morte de um mártir. Pedro imediatamente olhou para João e perguntou em voz alta se João receberia um tratamento melhor. A resposta do Senho foi: "...que te importa? Quanto a ti, segue-me".

Lembrando da atitude de Pedro, Dag Hammarskjold escreveu: "Apesar de tudo, sua amargura, porque os outros estão desfrutando do que lhe foi negado, está sempre pronta para explodir. Na melhor das hipóteses, ela fica dormindo por uns poucos dias ensolarados. Ainda assim, mesmo neste nível indescritivelmente miserável, ela ainda é uma expressão da verdadeira amargura da morte - o fato de que aos outros é permitido continuarem vivendo".

Se levássemos a sério as palavras do Senhor, elas resolveriam muitos problemas entre o povo cristão.

É tão fácil ficarmos ressentidos quando vemos outros prosperarem mais que nós. O Senhor permite que eles tenham uma casa nova, um carro novo, um chalé perto do lago.

Outros, a quem talvez consideremos como menos devotos que nós, têm boa saúde enquanto lutamos contra duas ou três doenças crônicas.

A família ao lado tem filhos lindos que se sobressaem em esportes e no meio acadêmico. Nossos filhos são normais, do tipo mais comum.

Vemos outros crentes fazendo coisas que não temos a liberdade de fazer. Mesmo que essas coisas não sejam pecados, ficamos ressentidos com sua liberdade.

É triste dizer, mas há certa inveja profissional entre obreiros cristãos. Um dos pregadores fica ofendido porque o outro é mais popular, tem mais amigos, fica na luz do holofote. Ou outro fica irritado porque seus colegas usam métodos que ele não aprova.

As palavras do Senhor atingem todas estas atitudes indignas com força surpreendente:"...que te importa? Quanto a ti, segue-me". Como o Senhor lida com outros cristãos realmente não é da nossa conta. Nossa responsabilidade é segui-Lo em qualquer que seja o caminho que Ele escolheu para nós.

Estraído do Devocional Luz Para o Caminho - William MacDonald